Publicado em: 18/05/2017 ás 11:35:00 Fonte: Assessoria

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) abriu inscrições para o segundo processo seletivo do Censo Agro 2017. Elas iniciaram no dia 24 de abril e podem ser feitas pela internet. Ao todo são 870 vagas para Mato Grosso, sendo 252 para Agentes Censitários e 618 para Recenseadores.

Neste segundo processo seletivo, há 870 vagas temporárias para Mato Grosso, sendo 252 de nível médio (Agente Censitário Municipal e Agente Censitário Supervisor) e 618  vagas  de  nível  fundamental para Recenseador. A distribuição dessas vagas por municípios está no anexo III do edital. Já os requisitos para cada função estão no anexo II do edital. Na tabela abaixo, o quantitativo de vagas, que estarão distribuídas por quase todos os municípios de Mato Grosso.

A função para Agente Censitário Municipal (ACM) requer escolaridade de nível médio. A remuneração e R$ 1.900,00. Ao todo são 39 vagas e a inscrição é R$ 39,50. Já a função de Agente Censitário Supervisor (ACS) também é de nível médio com a inscrição no mesmo valor e salário. São 213 vagas. Já para o cargo de Recenseador, é exigido nível fundamental, com salário de R$ 1.600,00 e inscrição de R$ 22,00. São 618 vagas para a função. A retribuição mensal do Recenseador será por produção, calculada por setor censitário, conforme taxa fixada e de conhecimento prévio pelo Recenseador, com base nas quantidades de unidades de estabelecimentos agropecuários recenseados.

As inscrições serão feitas apenas pela internet, no site da  Fundação Getúlio Vargas, a organizadora do processo seletivo, e estarão abertas das 14h de hoje, 24 de abril, até as 23h59 do dia 23 de maio. Ao se inscrever, o candidato deverá optar por uma função e pela área de trabalho, composta por um ou mais municípios, na qual deseja trabalhar. As vagas para Agente Censitário Municipal (ACM) e Agente Censitário Supervisor (ACS) terão inscrição única, sendo que a vaga de ACM é oferecida ao candidato que obtiver melhor classificação no Processo Seletivo Simplificado.

A seleção dos candidatos será através de uma prova objetiva, com caráter eliminatório e classificatório. Para o cargo de  Recenseador,  haverá  ainda  um  treinamento  de  4  dias,  também  de  caráter  eliminatório  e classificatório,  a  ser  realizado  para  os  aprovados  dentro  do  número  de  vagas  ofertadas.  O  conteúdo programático das funções de nível médio e fundamental está no anexo I do edital.

A jornada de trabalho para as funções de Agente Censitário Municipal e Supervisor é de 40 horas semanais. Além da remuneração mensal específica de sua função, terá direito a auxílio alimentação, férias e 13º salário.

Para a função de Recenseador, a jornada de trabalho recomendável é de, no mínimo, 25 horas semanais, além da participação integral e obrigatória no Treinamento.

As operações do 10º Censo Agropecuário do IBGE começam em 1º de outubro de 2017. Ao longo de cinco meses, os recenseadores irão visitar mais de 5 milhões de estabelecimentos agropecuários em todo o país, levantando informações sobre a área, a produção, as características do pessoal ocupado, o emprego de irrigação, o uso de agrotóxicos e a agricultura familiar, entre outros temas. Os resultados do Censo Agro 2017 devem começar a ser divulgados pelo IBGE em 2018.

Notícias relacionadas

13/11/2017

15º Copa Papai Noel começa Terça Feira dia 14 de Novembro

Visualizar Notícia

10/11/2017

Alta Floresta vai revisar Plano Diretor

Visualizar Notícia

31/10/2017

Prazo do Mutirão Fiscal termina nesta quarta-feira

Visualizar Notícia

30/10/2017

Bombeiros conquistam título da 11ª Copa do Servidor Público de Futsal

Visualizar Notícia