Publicado em: 01/12/2018 ás 06:30:00 Autor: Eliza Gund Fonte: ASCOM

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) realizou nesta quinta-feira, 29 de novembro, no auditório do Museu de História Natural, a V Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente com o tema “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências”.

Com o objetivo de mobilizar os integrantes da sociedade de maneira geral para a construção de propostas voltadas para afirmação do princípio da proteção integral de crianças e adolescentes nas políticas públicas, fortalecendo estratégias e ações de enfrentamento às violências, a Conferência teve como base cinco eixos: - Garantia dos Direitos e Políticas Públicas Integradas e de Inclusão Social; – Prevenção e Enfrentamento da Violência Contra Crianças e Adolescentes; – Orçamento e Financiamento das Políticas para Crianças e Adolescentes; – Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes e – Espaços de Gestão e Controle Social das Políticas Públicas de Crianças e Adolescentes.

Aberta para todo o público, a Conferência teve início às 07h com intervalo para almoço e prosseguiu até as 16h30, com a eleição de delegados para prosseguir para a etapa estadual da Conferência em Julho de 2019. A Conferência foi apontada como positiva pela presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Marcia Trindade, pois contou com pouco mais de 200 pessoas. “Num resumo geral eu estou muito contente, quero agradecer de uma forma geral todas as pessoas que nos ajudaram, a prefeitura municipal, em especial a secretária Luzmaia, que a secretaria dela [Assistência Social] é quem ampara os Conselhos”, destacou Trindade frisando o apoio recebidoda equipe de trabalho que me auxiliou na realização da Conferência.

Dentre as propostas apresentadas após a discussão dos eixos, estão a criação de centros esportivos, que as escolas tenham atendimento especial às crianças que vivem em vulnerabilidade, “o resultado foi muito bom, foram eleitos dois adolescentes, por ser o ponto principal, dois conselheiros tutelares, dois integrantes do CMDCA, lamentavelmente ainda não se faz uma eleição com sociedade civil organizada, mas são pessoas da rede de proteção, então eu acho interessante, válido, essas pessoas que foram eleitas hoje”, concluiu a presidente do CMDCA.

Notícias relacionadas

12/12/2018

Córrego Papai Noel será revitalizado por meio de parceria encabeçada pel...

Visualizar Notícia

11/12/2018

Parceria propicia doação de óculos para alunos da Escola Ludovico Da Riv...

Visualizar Notícia

06/12/2018

Prestação de Contas do Prefeito Asiel, na Câmara, atende expectativa: A ...

Visualizar Notícia

05/12/2018

Conselho Municipal de Saúde se reúne dia 10 de dezembro

Visualizar Notícia