Seção de atalhos e links de acessibilidade

Seção do menu principal

Encontro debate estratégias para futuras ações a serem realizadas em Alta Floresta
Desenvolvimento no campo

Publicado em: 17 de Março de 2023

Fonte: Diretoria de Comunicação


Data: 17 de Março de 2023

Fonte: Diretoria de Comunicação


Autor da Foto: Assessoria

Uma equipe técnica da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável esteve na tarde de ontem, dia 16 de março, em Sinop, na sede da Embrapa Agrossilvipastoril, para uma reunião com a Chefe Geral Embrapa Agrossilvipastoril, Dra. Laurimar Gonçalves Vendrusculo. O encontro teve como pauta as estratégias de articulação de parceria para elaboração do Projeto Olhos D’Água da Amazônia – fase III.

Considerando o histórico institucional de trabalhos entre a Prefeitura de Alta Floresta e a Embrapa Agrossilvipastoril, esse encontro foi fundamental no sentido de surgirem apontamentos que podem vir a ser incluídos em uma possível nova fase do Olhos D’Água da Amazônia.

Para o secretário de Agricultura e Pecuária, Marcelo Fernando Pereira Souza, o encontro foi válido para estreitar a relação institucional entre Prefeitura e Embrapa. “Foi para firmar parceria entre a instituição de pesquisa e o município por meio das secretarias, visando uma nova fase do Olhos D'Água da Amazônia. O encontro foi muito positivo, pois, conseguimos colocar vários pontos e demandas do município, visando o produtor familiar”, argumenta. Importante destacar que o foco das futuras ações será pautado na sustentabilidade das atividades agropecuárias.

A Chefe Geral da Embrapa Agrossilvipastoril, Dra. Laurimar Gonçalves Vendrusculo, fala que Alta Floresta está correta em buscar parcerias estratégicas. “Alta Floresta está com a expectativa correta no sentido de consolidar uma parceria para estruturar o projeto previamente a ser submetido ao Fundo Amazônia”.

É importante destacar que a Embrapa Agrossilvipastoril é uma difusora de conhecimento e tecnologia em sua área de ação. É notória a expertise de seus pesquisadores. “Isso nos aproxima no sentido de que as pesquisas que desenvolvemos aqui em Sinop, somará e potencializará com o município de Alta Floresta”, completa a Dra. Laurimar.

O Coordenador Executivo do Projeto Olhos D’Água da Amazônia em suas fases I e II, José Alesando Rodrigues, avalia como positivo o encontro. “A reunião foi bem produtiva, onde conseguimos articular e definir os principais temas que fortalecem instituições para a elaboração de parceria na gestão do projeto em Alta Floresta”.

A secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Gercilene Meira, destaca que essa sinergia de ideias e pensamentos é benéfica para Alta Floresta. “O município de Alta Floresta já tem uma história de trabalho bem sucedido junto à Embrapa Agrossilvipastoril em Sinop, durante a execução da Fase I e II do Projeto Olhos D’Água da Amazônia. Essa reunião nesse momento é um start de início para construção da fase III do PODAM, que será um projeto voltado ao desenvolvimento sustentável do nosso município, que terá como prioridade a preservação dos recursos naturais alinhados a produção de alimentos. A sinergia entre instituições é de fundamental importância para o sucesso das ações”, disse.

 Também participaram do encontro o Pesquisador Chefe Adjunto do Centro de Pesquisa da Embrapa Agrossilvipastoril, Rafael Major Pitta, o Chefe Adjunto do Centro de Pesquisa, Marcos Santos.