Seção de atalhos e links de acessibilidade

Seção do menu principal

Procon-AF orienta sobre compras do Dia dos Pais
14/08

Publicado em: 25 de Julho de 2022

Autor: Diretoria de Comunicação


Data: 25 de Julho de 2022

Autor: Diretoria de Comunicação


A Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/AF), orienta os consumidores que planejam fazer compras de presentes do Dia dos Pais. "O primeiro passo é ter em mente o item que deseja adquirir. Isso facilita a pesquisa dos preços. Pechinchar é importante, pois um mesmo produto pode ser encontrado com preços variados em diferentes lojas".

A compra à vista é alternativa segura, que pode proporcionar descontos e vantagens. Ainda sobre a forma de pagamento, é importante ficar atento aos juros incluídos nas parcelas e na garantia estendida, bem como as modalidades de crediários disponibilizados pela loja, situações que o consumidor deve ter ciência. A pessoa deve questionar também sobre a possibilidade da troca de produto, uma vez que a loja não é obrigada a realizar a substituição de mercadorias que não apresentem problemas. O Código de Defesa do Consumidor (CDC) garante a troca quando o produto apresentar defeito ou vício oculto. O prazo para reclamações varia de acordo com mercadorias duráveis e não duráveis.

Em compras virtuais, como internet, a orientação é buscar por sites seguros. Evite aqueles que não disponibilizam telefone, endereço e CNPJ. O consumidor deve ler com atenção os critérios estabelecidos para a compra, como características, formas de pagamento e prazo de entrega. Existe também o prazo de arrependimento, que é de sete dias a partir do recebimento do produto, independentemente do motivo.

Os consumidores que comemorarão a data em bares ou restaurantes devem ficar atentos para as taxas cobradas de serviços opcionais: o cliente decide se paga ou não. Cobranças por consumação mínima ou pela perda da comanda são ilegais. Os estabelecimentos podem cobrar “couvert artístico” quando houver música ao vivo ou outras apresentações artísticas, porém o cliente deve ser avisado previamente.

Independente do presente escolhido, é importante exigir a nota fiscal, pois é ela que garante os direitos dos consumidores e os deveres dos fornecedores de produtos ou de serviços.

Fique atento:

A troca somente é obrigatória em caso de defeito no produto. E nem sempre o estabelecimento é obrigado a efetuar a troca imediatamente. Segundo o código de defesa do consumidor, o estabelecimento tem o prazo de 30 (trinta) dias para solução do problema. Após esse prazo, não sanado o problema, a loja deverá devolver o dinheiro ou efetuar a entrega de um produto novo.

O Procon de Alta Floresta está localizado na Avenida Ariosto da Riva nº 3113 – Centro, em frente a Caixa Econômica- Atendimento de segunda a sexta-feira, das 08h às 16h, para registro de reclamações, audiências, consulta de processos e protocolo de documentos.

Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (66) 3903-1036 ou 3903-1040 (WhatsApp).