Município de Alta Floresta

Informações e Redes Sociais

NOTÍCIAS

Dicas do Procon Alta Floresta para as compras de final de ano

22/12/2021 - 07:02 - Fonte: ASCOM

Dicas do Procon Alta Floresta para as compras de final de ano

A temporada das confraternizações de fim de ano se aproxima e essa data tão esperada pelo comércio varejista é motivo para atrair a atenção dos consumidores com vitrines repletas de sugestões e promoções.

Como as datas comemorativas são um dos motivos mais utilizados pelo comércio para aumentar as vendas durante o ano e, ao mesmo tempo, exigem do consumidor uma atenção maior na hora de adquirir algum produto ou contratar um serviço. As ofertas, promoções, descontos e outros artifícios merecem um olhar mais minucioso.

A magia da época do final de Ano, aliada com uma melhora no poder de compras que o décimo terceiro proporciona, geram desejos e ‘necessidades’ aos consumidores, então uma compra consciente pode garantir uma comemoração agradável e evitar futuros problemas.

Para evitar contratempos, o Procon de Alta Floresta reforça orientações para auxiliar os consumidores na hora das compras e, também, em casos de trocas.

De acordo com o Coordenador do órgão, Erison Almagro Moura, uma dica importante é planejar e pesquisar os preços antecipadamente, para evitar compras por impulso e o endividamento.

Escolhido o presente, é hora de pesquisar preços, pois estes variam entre os estabelecimentos. A pesquisa também deve ser feita se a opção do consumidor for comprar pela Internet.

Para as compras realizadas fora do estabelecimento comercial (internet, telefone, catálogo, entre outros), Erison orienta que é importante o consumidor “ficar atento ao endereço eletrônico, que deve começar com https:// e ao cadeado de segurança que deve aparecer na tela, inclusive deve observar outras informações como o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), endereço físico, canais de troca e atendimento, verificar se há cobrança de frete, existência de outras taxas e o prazo de entrega. Ao efetuar a compra, imprima ou salve em seu computador o comprovante da compra com a descrição do pedido, antes de enviar o número do seu cartão de crédito e dados pessoais, observe se a loja possui conexão segura”, alertou.

Nessas situações de compras realizadas fora do estabelecimento comercial é válido o “direito de arrependimento”, estabelecido no Código de Defesa do Consumidor (CDC). A desistência pode ocorrer em até sete dias após a entrega do produto. Além disto, todos os valores pagos devem ser restituídos, inclusive o frete.

Já nas compras realizadas em lojas físicas é obrigatório as informações sobre o preço à vista e a prazo, o número de parcelas, e ainda as taxas de juros mensal e anual, devem estar afixadas em local de fácil acesso de forma legível e clara.

Sempre que possível é preferível comprar à vista e pechinchar descontos. Se a compra for a prazo o consumidor deve ficar atento as taxas de juros e número de parcelas para evitar gastos desnecessários.

É importante ainda conhecer o produto que se pretende comprar, aconselha a Assessora Jurídica Carolina Nobre Romera. Assim, ao adquirir um eletroeletrônico, por exemplo, a recomendação é pedir uma demonstração do produto, para conferir se ele está funcionando corretamente. Verificar se o manual de instruções está em português e se o certificado de garantia e a nota fiscal acompanham a mercadoria.

Com relação ao benefício da troca, de acordo com o CDC as lojas somente serão obrigadas a efetuar trocas em caso de vício de qualidade, ou seja, defeito do produto. Sendo assim, o prazo para o consumidor reclamar é de até 90 dias para produtos duráveis (como, por exemplo, roupas, eletrodomésticos, móveis, aparelhos celulares, etc) e até 30 dias para produtos não duráveis (como alimentos, bebidas, entre outros).

Lembrando que o fornecedor tem até 30 dias para solucionar o problema, contados a partir da data da reclamação. Após esse prazo, se a questão não for resolvida, o consumidor pode escolher entre três opções: 1) a substituição do produto por outro da mesma espécie; 2) abatimento proporcional do preço; 3) ou a restituição da quantia paga.

Desta forma, caso necessite do benefício da troca, é importante verificar antecipadamente se a loja oferece essa possibilidade e quais as regras estabelecidas.

O fornecedor pode definir prazos e condições do produto, bem como decidir por não efetuar a troca de um determinado tipo de mercadoria. As condições para fazer a troca - como prazo, local, dias e horários - devem constar na etiqueta do produto, na nota fiscal ou em cartaz informativo na loja.

Qualquer violação às normas consumeristas, registre a reclamação no Procon de Alta Floresta, localizado na Avenida Ariosto da Riva, n.º 3113, Centro, ou ligue através dos números (66) 3903-1036 e (66) 3903-1040 (WhatsApp).

Olá, deixe seu comentário.

Você precisa estar logado para enviar comentários.
CLIQUE AQUI PARA LOGAR
HORÁRIO DE ATENDIMENTO: Segunda a Sexta-feira, das 08h00 às 16h00.

Links de Acesso Rápido

Município de Alta Floresta - CNPJ: 15.023.906/0001-07
Todos os direitos reservados - As imagens são meramente ilustrativas.